Projeto Caravana da Saúde ultrapassa 47 mil atendimentos

 

Presidente Prudente, segunda-feira 29 de outubro de 2012 

Com a realização da Caravana da Saúde sábado (27) no Jardim Paulista, o projeto fechou o primeiro ciclo de cinco anos. A realização de iniciativa da Associação Comercial e Empresarial de Presidente Prudente (Acipp) tem parceria da Unoeste, através da Pró-Reitoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext) e o envolvimento de vários cursos. Também são vários os apoiadores. A estatística oficial está sendo fechada, mas o presidente da Acipp, Ricardo Anderson Ribeiro, afirma que foram prestados mais de 47 mil atendimentos em 33 edições, com a média de 1.500 em cada uma e cerca de 17 mil pessoas foram beneficiadas.

 

O projeto percorreu bairros e esteve no centro da cidade. ´´Fechamos esse ciclo com o sentimento de missão cumprida. Tínhamos firmado convênio com a Unoeste por cinco anos e agora vamos conversar. A intenção é agregar serviços, como o mutirão da catarata, por exemplo. É possível que sejam implantados outros atendimentos. Iremos decidir ainda se faremos todo mês ou mais espaçadamente. Pensamos em mudanças apenas para aprimorar, já que estamos satisfeitos, inclusive com a visibilidade que a Acipp obteve``, disse Ribeiro.

 

O líder empresarial elogiou a Unoeste, instituição de ensino superior classificada como a principal parceira. ´´A classe empresarial viabiliza os recursos financeiros e a Unoeste garante a logística``, contou e anunciou que nos próximos dias deverá se reunir com a equipe da Proext, pela qual responde a pró-reitora Angelita Ibanhes de Almeida Oliveira Lima, para entendimentos sobre o novo convênio. Ao longo dos cinco anos integraram a equipe de assessores para a logística, Rosangela Cristóvão de Almeida, Darci Galbiati e Rita Rambaldo.

 

No Jardim Paulista, a Caravana da Saúde foi instalada no salão social da Paróquia de Santo Antônio. Por se tratar de um bairro antigo, a maioria dos atendidos constituiu-se de idosos. ´´É muito bom. É uma oportunidade que a gente tem de ser atendido na hora, sem demora. Passo por acompanhamento médico, mas é bom fazer uma checagem. Fiz alguns testes e estão de acordo com os problemas que tenho, que são o da pressão alta e da vista cansada. Mas tudo está sob controle e posso dizer que estou bem na idade que tenho``, contou João Francisco de Almeida, de 76 anos.

 

Na edição 33 a Unoeste/Proext mobilizou para o atendimento dezenas de alunos de dez cursos, orientados e acompanhados pelos professores Luciana Calvo (Medicina), Renata Digiovani (Fisioterapia), Bruna Corral Garcia Valsoni (Estética e Cosmética), Ariovaldo de Souza Ribeiro (Educação Física), Mário Fioravante de Oliveira Colnago (Odontologia),  Deize Denise Ponciano e Carmem Lúcia Hokl Matinez Paz (Faclepp),  André Luís Silvestre (Enfermagem), Luciane de Souza Romero Nogueira (Nutrição) e Rosangela Cristóvão de Almeida (Biomedicina e Farmácia). Foram vários os serviços, como teste de glicemia e aferição de pressão arterial.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar