Entre candidatos majoritários, postulante a vice tem mais bens

 

  

Presidente Prudente, quinta-feira 19 de julho de 2012

 

 

Nas declarações formuladas junto à Justiça Eleitoral, pelos candidatos a prefeito e vice de Presidente Prudente, o maior volume de bens é do engenheiro civil, empresário e agropecuarista Paulo César de Oliveira Lima que está como vice na chapa do PMDB liderada por seu pai, o fundador da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) Agripino de Oliveira Lima Filho. 

 

Os valores declarados são os seguintes: candidatos a prefeito - Agripino Lima R$ 7.105.896,40, Fábio Sato (PPS) com R$ 800 mil, Tupã R$ 731.539,33, Talmir Rodrigues (PV) R$ 389.764,81, João Cláudio da Silva Dodô (PRTB) e Josué Macedo (PSOL) com nenhum bem declarado; candidatos a vice - Paulo Lima (PMDB) R$ 31.458.289,13, Wilson de Luces Forte Machado (PCdB) R$ 391, Gilmar de Araújo Libório (PV) R$ 199.410,44, Marcos Vinha (PT) R$ 192.287,08, Firmino Ferreira Filho (PRTB) R$ 140 mil e Tiago da Fonseca (PSOL) R$ 6 mil.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar