Assassinato em Regente envolve casal que transportava escolares

 

Presidente Prudente, segunda-feira 22 de outubro de 2012 

O casal Tânia Aparecida Betine e Daniel Basquete Gonzales não compareceu para atender a rotina do transporte de escolares, nesta segunda-feira (22). Avisado, o pai o rapaz foi à casa para qual o casal tinha se mudado no final de semana, no bairro Santa Rita. Já na porta de entrada viu sangue e chamou a polícia. A mulher de 34 anos estava morta e o homem cinco anos mais novo agonizava sobre o corpo dela.

 

Ao atender a ocorrência a Polícia Militar promoveu socorro. Gonzales foi encaminhado ao Hospital Regional, em Presidente Prudente. Estava com corte no pescoço, possivelmente de faca. A Polícia Civil cuidou da perícia e iniciou a investigação para saber o que motivou o crime do casal que vivia junto, sem serem casados. A mulher apresentava sinais de golpes de faca e de martelo, no pescoço e na cabeça.

 

Os policias recolheram, para anexar ao processo, a faca e o martelo, além de esmerilho encontrado no local do crime. O trabalho de investigação é conduzido pelo delegado Claudinei Alves. Envolvido com drogas, Gonzales tinha passagens policiais. Medicado, o rapaz será levado de volta a Regente Feijó para que seja lavrado o flagrante, com o crime enquadrado na lei Maria da Penha.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar