Estado ganha reforço na segurança com mais de 2 mil policiais militares

 

Presidente Prudente, sexta-feira 31 de agosto de 2012

 

O policiamento no Estado de São Paulo ganhou o reforço de 2.069 policiais militares (PMs) nesta sexta-feira, 31. Eles sairão de áreas administrativas da corporação para atuar diretamente nas ruas. O governador Geraldo Alckmin apresentou os policiais no Parque Villa Lobos, na capital.

 

“São Paulo tem a maior e melhor polícia do Brasil e a nossa tarefa cotidiana é avançar ainda mais e prestar melhor serviço à população, fazer uma reengenharia permanente para ter mais policias nas ruas prevenindo crimes e trabalhando para proteger a nossa população”, afirmou o governador. 

 

O anúncio é a primeira etapa de um amplo plano de reformulação da PM. A meta do Comando Geral da Polícia Militar é, até o final do ano, colocar 7 mil homens nas ruas – incluídos os que foram remanejados nesta sexta-feira. O secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, disse que o Estado está fazendo uma reestruturação na PM, dando preferência e prioridade na atividade operacional. “Estamos também entregando tropas especializadas e fazendo policiamento em todas as pontes das marginais Tietê e Pinheiros”, afirmou.

 

Investimentos - Na apresentação dos PMs, Alckmin anunciou a compra de 1.680 viaturas zero km. “Estavam destinados para essa compra R$ 87 milhões e o Estado comprou por R$ 77 milhões”, disse. Os veículos começam a chegar em outubro e, do total, 1.071 são motocicletas. O Estado também adquiriu 35.748 coletes à prova de balas.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar