PM intercepta carga de maconha e motorista foge na madrugada

Presidente Prudente, quinta-feira 26 de julho de 2012 

 

Mais de 230 quilos de maconha foram apreendidos na madrugada desta quinta-feira na Base Operacional da Polícia Militar Rodoviária em Rancharia, instalada na rodovia Raposo Tavares (SP-270), nas imediações do trevo com a rodovia Brigadeiro Eduardo Gomes (SP-457). Diante do sinal de policiais para parar, o motorista de um Gol com placas de Jacuí/RS avançou, depois abandonou o veículo, entrou num outro que o escoltava e tomou o sentido de Porecatu, no Paraná.

 

O transporte da droga era feito no sentido Presidente Prudente/São Paulo, do que se depreende que tinha procedência do Mato Grosso do Sul. Quando desobedeceu a ordem para parar, policiais entraram na viatura e saíram em perseguição. Já na Brigadeiro, havia um outro veículo esperando no acostamento. O motorista desceu do Gol, atirou em direção aos policiais, sem atingir nenhum deles. Rapidamente, entrou no outro carro e empreendeu fuga.

 

O Gol foi apreendido e no porta-malas estavam acondicionados em sacos plásticos pacotes com 231 quilos de maconha. A droga e o veículo foram levados para a Polícia Civil em Rancharia que assumiu a investigação. Na base em Rancharia, o histórico de maior violência data de 8 de março de 1985, quando à noite um casal ligado ao tráfego assassinou dois soldados: Júlio Budiski e Olímpio Ferreira da Silva.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar