Morre o advogado Júlio Braga Filho, ex-vereador em Prudente

 

Presidente Prudente, terça-feira 20 de outubro de 2015

 

Está sendo velado na Câmara Municipal de Presidente Prudente o corpo do advogado, funcionário aposentado do Serviço Social da Indústria (Sesi) e ex-vereador Júlio Braga Filho. Sua morte ocorreu na manhã desta terça-feira no Hospital Nossa Senhora das Graças, aos 65 anos de idade, vítima de infecção após cirurgia da vesícula. Era casado com Naíde Videira Braga, dirigente regional de Ensino. Braga deixou um casal de filhos e cinco netos. O sepultamento está programado para esta quarta-feira (21), às 10h no Cemitério Municipal São João Baptista.

 

O site da Câmara, em notícia produzida pelo jornalista Maycon Morano, apresenta o seguinte histórico parlamentar: Júlio Braga Filho foi eleito vereador pela primeira vez para a 9ª Legislatura da Câmara Municipal de Presidente Prudente. Exerceu o mandato de 1º de janeiro de 1983 a 31 de dezembro de 1988, na gestão do prefeito Virgílio Tiezzi Júnior.

 

Depois, o ex-vereador exerceu seu segundo mandato no período de 1989 a 1992, na 10ª Legislatura, quando o prefeito foi Paulo Constantino. Já durante a 11ª Legislatura, de 1993 a 1996, Júlio Braga não foi eleito vereador, mas ficou como suplente e assumiu uma das cadeira em cinco ocasiões. Na época, o prefeito era Agripino de Oliveira Lima Filho. A primeira foi em 17 de maio de 1993, quando o vereador Carlos Eduardo Bandeira Campos licenciou-se por 62 dias. Nesta mesma data, Júlio Braga exerceu o mandato por 58 dias na Casa de Leis prudentina.

 

Em outra ocasião, pelo Decreto Municipal Nº 8.567/93, de 2 de agosto de 1993, a vereadora Ondina Barbosa Gerbasi foi nomeada para exercer o cargo de Secretária Municipal da Criança, Família e Bem-Estar Social, e foi licenciada do mandato, conforme artigo 40, Inciso I, da Lei Orgânica do Município. Assim, por ser o 1º suplente de vereador, Júlio Braga Filho assumiu a cadeira até o dia 3 de dezembro, quando Ondina reassumiu o posto de vereadora.

 

O advogado também assumiu, por 62 dias, a partir de 20 de fevereiro de 1995, quando o então vereador José Marcos Filitto licenciou-se para tratamento de saúde. Período este que foi prorrogado por mais 45 dias, de 23 de abril a 6 de junho do mesmo ano. Já no ano seguinte, em 25 de março, a então vereadora Ondina Barbosa Gerbasi licenciou-se para tratamento de saúde, até o dia 28 de maio de 1996. Na ocasião, novamente Júlio Braga Filho assumiu uma cadeira no Legislativo prudentino. Por fim, a última vez que Júlio Braga assumiu como vereador da Casa de Leis prudentina, foi no período de 29 de outubro de 1996 a 30 de dezembro de 1996, quando José Marcos Filitto licenciou-se novamente para tratamento de saúde.

 

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar