Prudente está de luto oficial pela morte de Hélio Cortez

 

É velado nesta segunda-feira na Câmara de Vereadores o corpo do ex-presidente José Hélio Cortez, que morreu aos 59 anos. O sepultamento será às 16h30 no Cemitério Municipal São João Batista. O falecimento se deu por volta das 23h deste domingo (10/3) após meses de luta contra um câncer. O prefeito Milton Carlos de Mello ´Tupã` (PTB) decreta luto oficial de três dias, de domingo a terça-feira.

Cortez foi vereador por quatro legislaturas, de 1989 a 2004, e presidente da Câmara Municipal e nesta condição chegou a ocupar o cargo de prefeito por um mês durante afastamento de Agripino Lima, já que o vice Jólio Martim havia morrido, vitimado pela mesma doença. O envolvimento comunitário de Cortez evidenciou-se como presidente da Escola Samba Unidos do Jardim Paulista, campeã de vários desfiles nos anos 1970 e 1980.

 

Também foi presidente do Corintinha, o clube que por quatro décadas representou o futebol profissional prudentino. Também foi candidato a deputado estadual nas eleições de 1994, quando obteve mais de 13 mil votos, dos quais cerca de 10 mil em Prudente.  Comerciante, Cortez trabalhava como distribuidor de leite pasteurizado. Um trabalho que o mantinha em circulação por praticamente todos os bairros de Presidente Prudente.  

A doença em Cortez se manifestou em 2010 e no final do ano passou por cirurgia para retirada de tumor no cérebro, no Hospital das Clínicas, em São Paulo. Nos últimos 90 dias esteve internado na Santa Casa de Presidente Prudente. Cortez deixa mulher e sete filhos.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar