Águia da Polícia Militar de São Paulo tem o primeiro oficial feminino

 

Presidente Prudente, quinta-feira 16 de agosto de 2013

 

O sonho de fazer parte do Grupamento Aéreo da Polícia Militar de São Paulo possibilitará com que a 1ª Tenente Lara torne real o fato de ser a primeira mulher a voar alto, literalmente, como piloto dos conhecidos Águias. “É importante sim o fato de ter tido a primeira e não de eu ter sido a primeira mulher", disse. Segundo ela, seu exemplo abre novos horizontes para futuras oficiais prestarem e se dedicarem a fazer parte da corporação.

 

O começo - Tenente Lara, há nove anos na carreira militar, entrou na Academia de Polícia Militar do Barro Branco no ano de 2004, onde surgiu a vontade de fazer parte do Grupamento. “Sempre gostei da área da aviação e a proximidade com esses oficiais fez me apaixonar e ter certeza que queria ser piloto do Grupamento Aéreo”, disse a 1ª Tenente.

Se encontrou algum tipo de dificuldade ou algum ‘olhar estranho’ pelo fato de ser a primeira mulher em um ambiente estritamente masculino, a oficial afirma: “Em momento algum passei por situações de preconceito, aliás todos são muito receptivos, me ajudando no que eu preciso, esclarecendo dúvidas,e me apoiando, o que é o mais importante, torcendo junto comigo”.

 

Objetivo - A 1ª Tenente Lara não quer apenas fazer parte da história sendo a primeira mulher a pilotar um Águia da PM, ela quer voar cada vez mais alto. “Pretendo seguir e encerrar minha carreira dentro do grupamento. Pela Polícia alcançar o posto de Coronel e quiçá um dia vir a comandar a unidade ”, diz.

Águia da PM - O Grupamento de Radiopatrulha Aérea “João Negrão” fundando em 15 de agosto de 1984 atua em todo Estado de São Paulo. São 24 helicópteros e 4 aviões e 11 Bases de Radiopatrulha Aéra instaladas nos seguintes municípios: São Paulo, São José dos Campos, Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, São José do Rio Preto, Santos (na Praia Grande), Sorocaba, Presidente Prudente, Piracicaba e Araçatuba.

 

Fonte: Portal do Governo de São Paulo 
Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar