Mutirão do e-lixo de Prudente terá 9ª edição em 11 de junho

 

 

Presidente Prudente, segunda-feira – 9 de maio de 2016


O 9º Mutirão do Lixo Eletrônico será em 11 de junho, conforme as agendas de responsabilidade social do Governo de Prudente e da Unoeste, respectivamente por intermédio da Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação (Setec), da Faculdade de Informática de Presidente Prudente (Fipp) e da Pró-reitoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext). No recente lançamento da divulgação, no site oficial do evento, o vídeo já atingiu mais de 38 mil visualizações. Um indício de reafirmação do sucesso obtido nas oito edições anteriores é que, juntas, já ultrapassaram 500 toneladas arrecadadas e com destinação ambientalmente correta para empresas certificadas em reciclagem do e-lixo.


 
Como modelo brasileiro de ação ambiental e socialmente responsável, o mutirão terá a grande estrutura de arrecadação instalada no Parque do Povo, das 8h às 16. No mesmo dia, haverá um ponto no maior bairro da cidade: o Conjunto Habitacional Ana Jacinta, com 2,5 mil casas e cerca de 10 mil moradores, localizado numa região da zona oeste que concentra pelo menos 40 mil habitantes. Na véspera, sexta-feira (10), caminhões da empresa de limpeza pública Prudenco percorrerá os quatro distritos de Prudente, começando às 8h por Ameliópolis e passando por Eneida, Floresta do Sul e Montalvão, fazendo a coleta do lixo eletrônico em pontos previamente definidos.


 
O mutirão é destinado às pessoas físicas, com descarte de até 100 kg por pessoa. Todo material arrecadado será destinado a empresas certificada de acordo com a Organização Mundial de Padronização, mais conhecida como ISO, a sigla para International Organization for Standardization. Os organizadores anunciam que não receberão lâmpadas, já que as mesmas devem ser entregues nas lojas onde foram adquiridas, obedecendo a prática da logística reversa, pela qual o fabricante do produto fica obrigado a dar a destinação final daquilo que produziu, em conformidade com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).


 
O mutirão de lixo eletrônico de Presidente Prudente ganha notoriedade ao promover arrecadação e alimentar a cultura do “ambientalmente correto”, diante de uma situação de interesse mundial. O mais recente estudo da Associação de Empresas da Indústria Móvel (GSMA), juntamente com a Universidade das Nações Unidas, constatou em 2014 que a América Latina gerou 9% dos resíduos eletrônicos do mundo, superando a 3,9 milhões de toneladas e podendo atingir 4,8 milhões de toneladas em 2018. Neste quesito, dentre os países latinos americanos, o Brasil ocupa o topo do ranking, com a produção de 36,16% do e-lixo.


 
Conforme o secretário municipal da Tecnologia da Informação, Rogério Alessi, os participante da 9ª edição poderão trocar o lixo eletrônico por cupons e concorrer aos seguintes prêmios: um tablete, um notebook, um smartphone e dez bicicletas, com o sorteio após às 16h do sábado (11), no Parque do Povo. Na manhã desta segunda-feira (9), Alessi esteve reunido na Fipp, onde também leciona, com o pró-reitor Dr. Adilson Eduardo Guelfi – acompanhado da coordenadora de ações extensivas Cidinha Martines e do assessor de integração comunitária Darci Galbiati –, o diretor da faculdade Moacir Del Trejo e o coordenador de cursos da Fipp, Haroldo Alessi. (foto)

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar