Técnico Lelo atinge marca recorde no comando do Grêmio

 

 

Presidente Prudente, quarta-feira 24 de agosto de 2016

 

 

Feito histórico para o técnico Euzébio Gonçalves, o Lelo (foto), após o empate contra o Taboão da Serra, no último sábado (20). Ele chegou a 30 partidas a frente no Grêmio Prudente e superou o recorde anterior que era de Rogério Ferreira Pinto, o China, com 29 jogos. Para o treinador, isso tem um gosto especial, por fazer  se sentir como parte importante do futebol prudentino.

 

“Fiquei muito feliz! Saber que tive a oportunidade de entrar não só para a história do Grêmio, como também para o esporte de Presidente Prudente. Cheguei aqui no ano passado e fui muito bem recebido pela cidade. Esse acolhimento nos motiva a trabalhar e conseguir conquistas, tais como essa”, comenta.

 

Lelo revela que a façanha serve de “combustível” para a partida decisiva no próximo domingo (28) diante do Jabaquara. “É uma motivação a mais. Já consegui essa marca, agora vamos buscar outra, que é classificar o Grêmio para a primeira para fase de mata-mata da Segundona”, afirma.

 

O comandante gremista convida o torcedor a comparecer ao Estádio Prudentão, no domingo, para “empurrar” o time na busca de conseguir o objetivo inédito, desde a sua fundação em 2012, que é a passagem para o próximo módulo da segunda divisão do Campeonato Paulista.

 

“Espero que o nosso torcedor compareça, porque o apoio nessas horas é de grande ajuda. Serão eles que poderão nos ajudar nos momentos difíceis e que vão comemorar na alegria, igual a um casamento”, compara. O jogo com o Jabaquara será às 10h. Numa ação em prol da sustentabilidade, o torcedor pode obter o ingresso levando duas garrafas pet.  

 

Os pontos de troca são: Centro de Treinamentos Flávio Araújo, na rua dos voluntários, no Jardim Everest; Estádio Prudentão, no Jardim Maracanã; e  A Presenteira, no EuroMarket, no Jardim Cambuí; sendo nos primeiros locais das 9h às 17h e no último das 10h às 22h.

 

- Assessoria de Imprensa do Grêmio Prudente, Matheus Gomes.

 

 

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar