Guris fazem exibição da gala sob a batuta de Arthur Barbosa

 

Presidente Prudente, quarta-feira 12 de dezembro de 2012 

 

Homem de comportamento simples, o maestro Arthur Barbosa falou pouco e manteve o público voltado para o Grupo de Referência do Projeto Guri e ao Canto Coral durante a Cantata de Natal. Evento realizado na noite desta terça-feira (11) no Teatro César Cava, no campus I da Unoeste. A casa de espetáculos estava lotada. Os guris fizeram exibição de gala, com direito a aplausos entusiasmados e demorados, inclusive quando fecharam o repertório. O regente que já estava na coxia, retomou a batuta, regressou ao palco e a música voltou, ao som de 37 instrumentistas e nas vozes de 65 cantores, com nasceu Jesus, aleluia, glória à Deus nas alturas e paz na terra aos homens... 

 

Apresentado pelo cerimonial, conduzido pelo professor Lincoln César Ferreira Pinto, como profundo conhecedor das diversas manifestações culturais da América Latina e autor de sinfonias, concertos, música de câmara, arranjos, trilhas sonoras para espetáculos de dança, teatro e cinema, o maestro convidado Arthur Barbosa se dirigiu ao público para anunciar cada uma das sete músicas do repertório e ao final elogiou a estrutura do teatro, especialmente a qualidade acústica. O evento reuniu os polos do Guri de Presidente Prudente, Martinópolis e Rancharia.

 

 

Ensaiado com Arthur Barbosa desde o final da semana passada, o repertório apresentou Andante, de Josef Haydn; Marcha Militar nº 1, de Franz Schubert; Sinfonieta, de Ernest Mahle; Farandole, de Georges Bizet; Batuque, de Alberto Nepomuceno; Cantatinha de Natal, de Edmundo Villani-Côrtes; e Aquarela do Brasil, de Ari Barroso, sendo que nesta última canção o público cantou o lala, laia-laia-laia-laiala. Um momento de interação e de estímulo às crianças, adolescentes e jovens que integram o projeto do Governo de São Paulo, através da Secretaria de Estado da Cultura, amparado pelo Governo de Prudente, apoiado pela Associação Amigos do Projeto Guri e estimulado pela Unoeste, que mantém o projeto Guri na Universidade. 

 

 

O Grupo de Referência, formado por alunos em estágio avançado de aprendizado, contou nos violinos com Denilso Botelho de Sousa, Gabriela Gomes Vessane, Mateus Cassiano Rosalis, Natalia Rizzo Neto, Wilton Pereira Duarte, Valter Luiz Mezaki, Yasmin Alfonso Marcelino, Alana Silva Moreira, Bianca de Sousa Menon, Giovane Rafael, Karina Roberta Tomiasi, Lorena Lex da Motta, Olair Júnior Nascimento Frez e Rafael Henrique Silva; nas violas Bruna Trevisan Negri e Joellington Micael Silva; e nos violoncelos Beatriz Moreira de Almeida, Eduardo Domenicale Maciel, Michael Silva Michellon e Samara de Souza Cordeiro. 

 

 

Na tuba, Marcel Montini da Silva; nos contrabaixos acústico Andreivis Rufino, Fernando Marques Siqueira e Gabriela Negri Furtuoso; na percussão Alan de Almeida, Augusto Paulucci Ribeiro, Heitor Freitas de Souza e Giovanna Vlasic de Souza; nas flautas Jennifer Fernanda da Silva, Rayan Anzai e Vanessa Kimie Pinto; nos clarinetes Frederico Cardoso Buchalla, Ingrid Fernanda Latini e Laura Sakamoto Molaro, nos trompetes Isadora Fernanda Latini, João Victor Rizzo Neto e Tiago Ramos da Silva; e no trombone Bruno Fazioni Bocal. O mais velhos deles é Denilson Botelho de Souza, com 20 anos de idade e oito de projeto, no polo de Bernardes. 

 

 

Souza ingressou no Guri estimulado por sua irmã Denise que já estava inserida. Conta que o projeto deu rumo à sua vida. Vive da música. Toca em casamentos e dá aulas. Estuda no curso de licenciatura em Música, na Unoeste. É aluno bolsita, do ProUni. Vê em apresentações como a desta terça-feira um grande momento de reconhecimento que serve de estímulo para meninos e meninas que estiveram acompanhados pela diretora executiva Alessandra Costa, diretor administrativo em financeiro Henrique de Oliveira, coordenadora regional Fabiane Sanches, outros coordenadores, supervisores e técnicos.

 

Mantido junto a Pró-Reitoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext), o Guri na Universidade esteve representado pela coordenadora de Ações Culturais, Esportivas e Sociais, Afife Salim Sarquis Fazzano, que ao final agradeceu a todos os envolvidos no evento, em nome da pró-reitora Angelita Ibanhes de Almeida Oliveira Lima. Prestigiou a Cantata da Natal a pró-reitora de Pesquisa e Pós-Graduação, Maria de Lourdes Zizi Trevizan Perez. Ainda pela Proext estiveram presentes os assessores Darci Galbiati e Rosângela Cristão Ferreira e assistente de Ações Extensivas Gerais, Graziella Plaça Orosco de Souza.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar