Crônica da crônica e do rolo que desenrola

Nos finais de semana, quando não está nas suas empresas do ramo de autopeças, dedica grande parte do tempo ao Centro de Memória do Rádio, para o qual destinou praticamente um andar inteiro do prédio onde mantém a Comercial AM. Tem se ocupado com este empreendimento sócio-cultural há alguns anos, o que resulta na preservação da memória deste segmento da comunicação através de milhares de equipamentos de radiodifusão e publicações interessantes.

Lá estão num banner uma entrevista com o jornalista Geraldo Soller, na qual revela sua atuação como radioator; numa publicação do jornal O Imparcial a notícia da morte do narrador esportivo Lombardi Júnior, cuja carreira se solidificou em Presidente Prudente e se consolidou em Curitiba/PR; o cantor Pelézinho – Emílio Ferreira Júnior – ainda em início de carreira, num cartaz do conjunto Sombras; uma grande foto com milhões de latinhas de refrigerantes, resultado de campanha para ajudar na construção da Vila Rotária; números da revista Repercussão e num deles a reportagem sobre a inauguração do Estádio Prudentão.

Também lá estão aparelhos receptores de rádios com os mais diferentes designers; alguns muitos lindos, com acabamentos em madeira; aparelhos transmissores que nos anos 1980 e 1990 eram utilizados pelos repórteres, substituídos pelos telefones celulares; microfones em vários formatos; gravadores de todos os tamanhos; equipamentos de diversos tipos que eram utilizados para gravar e veicular publicidades, desde os tempos do acetato, o que deu lugar à fita magnética e atualmente aos micros computadores...

Esta é mais uma contribuição de Nilton Mescoloti – o locutor de voz bonita, aquela da abertura do Jornal das 7 – na construção e preservação da história de Presidente Prudente. No Centro de Memória do Rádio estão a crônica da crônica jornalista, a crônica do jornalismo, a crônica esportiva e a crônica do entretenimento... gravadas em fitas do tipo rolo, as quais desenrolam fatos marcantes e importantes desta bela cidade e região oeste do Estado de São Paulo.

 * Homéro Ferreira é jornalista originário do rádio de Presidente Prudente e professor na Facopp – Faculdade de Comunicação Social de Presidente Prudente.

 

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar