Árduo caminho, das trevas até a luz, passa pela universidade

 

 

Presidente Prudente, 15 de setembro de 2014

 

 

 

Impactante. Assim pode ser resumida a história de vida do implantador de bibliotecas comunitárias em Presidente Prudente, Itamar Xavier de Camargo. Em 15 capítulos do livro de 142 páginas e com o título A Verdade que Liberta, estão relatos impressionantes de alguém que viveu a extrema exclusão social e o abandono, usou drogas e cometeu crimes, escapou da morte por mais de uma vez, passou pelo inferno do sistema prisional e ainda assim conseguiu se reconstruir a partir do cristianismo, da solidariedade e dos estudos universitários.

 

Hoje, aos 34 anos o autor da produção literária sobre sua própria história de vida é pedagogo, psicopedagogo, arte educador, professor, gestor de projetos e mobilizador social pela educação. É criador do projeto Leitura Campeã que, desde 2011, já implantou seis bibliotecas comunitárias em bairros periféricos de Presidente Prudente, numa atuação junto a Associação Betesda, da Igreja Nova Jerusalém; com a parceria da Pró-reitoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext) da Unoeste.

 

Na apresentação da obra, a pró-reitora doutora Angelita Ibanhes de Almeida Oliveira Lima apresenta sobre Camargo, para quem deu aulas no curso de Pedagogia da Faculdade de Artes, Ciências, Letras e Educação de Presidente Prudente (Faclepp), a seguinte lembrança: ´´Com um olhar indecifrável, vi-o entrar na sala de aula. Não sabia o que escondia a sua alma. Simplesmente, o vi. Hoje, posso dizer que ela é brilhante´´. Para o medalhista olímpico e um dos maiores velocistas brasileiros de todos os tempos, Claudinei Quirino, é livro de Camargo é um testemunho forte, corajoso e tocante.

 

A jornalista Oslaine Silva, repórter do jornal O Imparcial, remete às lembranças dos tempos de criança, como alguém que se fez na resiliência, para dizer que as experiências amargas fazem crescer e entender que somente quem não conhece a história do outro continua condenando e julgando alguém. Ainda na apresentação do livro, o pastor José Carlos Nogueira, na condição de presidente do Conselho de Pastores de Presidente Prudente, preconiza o testemunho de vida de Camargo como oportunidade de reflexão profunda da resposta dada a Deus sobre os propósitos de vida.

 

Autor do prefácio, o advogado e escritor Murilo Nogueira é contundente ao afirmar que o livro ´´A Verdade que Liberta´´, da All Print Editora, de São Paulo, é um sonoro tapa na cara do cristianismo hipócrita, etilizado e institucionalizado. O prestigiado lançamento ocorreu na noite de sábado (13) no Centro Cultural Matarazzo. A Unoeste se fez representar pelas professoras Augusta Boa Sorte Oliveira Klebis, coordenadora do curso de Pedagogia na Faclepp, e Ana Lúcia Farão Carneiro de Siqueira, coordenadora da Especialização em Avaliação do Ensino e Aprendizagem, junto ao Núcleo de Educação a Distância (Nead) da Unoeste.

 

Também esteve presente a coordenadora de ações culturais, esportivas e sociais da Proext, Graciella Plaça Orosco de Souza. A Proext é parceira das iniciativas de Camargo nos projetos voltados para a leitura, como condição de transformação de vidas, com a oferta de livros em espaços públicos, onde são encontradas obras como o Médico de Homens e de Almas, de Taylor Caldweel, na qual a autora diz que a busca de Deus é o grande significado na vida dos homens e que sem essa busca o homem vive apenas como um animal, sem conforto e sem sabedoria; e sua vida é inútil.

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar