Megaevento é planejado para atender agricultores familiares

 

Presidente Prudente, segunda-feira 25 de fevereiro de 2013 

 

O maior número de assentamentos da reforma agrária está no Pontal do Paranapanema e o mais antigo deles é o Areia Branca. Tem 23 anos e está localizado em Marabá Paulista. Abriga 87 famílias, compreendendo cerca de 300 pessoas que sobrevivem da agricultura familiar. A mobilização comunitária é lidera por um grupo de mulheres e junto a elas surgiu a proposta de realizar evento que preste vários atendimentos, incluindo ainda pelo menos outros 100 trabalhadores do mesmo segmento, de outras áreas rurais. É o Agita Areia Branca, previsto para o dia 9 de março, um sábado, o dia todo.

 

A Prefeitura e o Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) buscaram o aporte da Unoeste, através da Pró-reirtoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext). Pelo menos 20 cursos estão envolvidos no planejamento, para levarem vários serviços, prestados por estudantes, orientados e acompanhados de professores. Entre outros envolvidos estão o Sebrae, a Previdência Social e a Fundação Procon. Na tarde desta sexta-feira a pró-reitora Angelita Ibanhes de Almeida Oliveira Lima conduziu reunião sobre estrutura, execução e logística.

 

A gestora municipal de Marabá, Sônia Cristina Ferreira, participou do encontro como representante do prefeito Hamilton Caíres e da primeira dama Elena Bispo Santos. O Itesp esteve representado pela assistente social Eliana Ribeiro Faustino, o supervisor técnico Djalma Beltramello e a técnica do Grupo Técnico de Campo (GTC), Eliane de Jesus Teixeira Mazzini. A Regional do Procon contou com coordenador Ricardo Vieira da Silva.

 

Pela equipe da Proext participaram Afife Salim Sarquis Fazzano, Décio Gomes de Oliveira, Cidinha Martines, Graziella Orosco e Darci Galbiati. Representaram os cursos Rosangela Cristóvão Ferreira (Farmácia, Estética e Biomedicina), Celi Quiroga (Enfermagem), Cláudia Alessi (Medicina), Pedro Baldoto (Agronomia), Omar Barbosa Júnior (Publicidade & Propaganda e Jornalismo) e Sibila Corral de Area Leão Honda (Arquitetura e Urbanismo).

 

As atividades previstas para o Agita Areia Branca envolvem cidadania, saúde, cultura, esporte e lazer. O objetivo principal é promover a interação e integração comunitária por meio de ações cidadãs. Entre as propostas gerais estão a oferta de esclarecimento sobre direito previdenciários, sensibilização à preservação ambiental, orientações voltas à gestão de produção e comercialização dos produtos agrícolas, estímulo para a autoestima e fortalecimento do grupo de mulheres do assentamento.

 

Os cursos da Unoeste que estão envolvidos são: Agronomia, Engenharia Ambiental, Engenharia Civil, Educação Física, Nutrição, Medicina, Enfermagem, Farmácia, Fonoaudiologia, Biomedicina, Estética e Cosmética, Arquitetura e Urbanismo, Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Tecnológico em Agronegócio, Pedagogia, Letras, Artes Visuais e os demais cursos mantidos pela Faculdade de Ciências e Letras, a Faclepp. 

Este é um projeto educacional sem fins lucrativos.
Ajude-nos a manter este projeto em funcionamento.
Doar